top of page
  • Foto do escritorLuiza Bruscato

Luiza Bruscato, diretora da Mesa Brasileira da Pecuária Sustentável, é mediadora em painel sobre rastreabilidade na COP28




No sábado, 09 de dezembro, a diretora executiva da Mesa Brasileira da Pecuária Sustentável, Luiza Bruscato, mediou o painel A Rastreabilidade da Cadeia de Valor como Diferencial Competitivo e Ferramenta de Compliance Socioambiental, realizado no estande da CNI, dentro da programação da COP28, e organizado em parceria com a Marfrig, organização associada da Mesa Brasileira.


O painel teve como objetivo explorar como a implementação eficaz de sistemas de rastreabilidade na cadeia de valor pode contribuir com o diferencial competitivo que o Brasil enquanto provedor de produtos sustentáveis e de baixa emissão de carbono.


As discussões permearam em como a rastreabilidade pode ser um diferencial competitivo e como pode contribuir para a imagem positiva no contexto socioambiental, bem como os principais desafios enfrentados na implementação e as oportunidades para melhorar práticas sustentáveis. “Por fim, também abordamos as boas práticas e inovações que as empresas vêm praticando e como essas iniciativas podem influenciar de modo positivo na percepção do consumidor e na conformidade com as normas socioambientais”, comentou Luiza.


Os painelistas foram Raquel Ogando, Diretora de Reputação e Sustentabilidade da BRF, Paulo Pianez, Diretor de Comunicação e Sustentabilidade da Marfrig, e Fernando Sampaio – Diretor de Sustentabilidade da ABIEC.


A Mesa Brasileira vem trabalhando nos últimos dez meses na criação de diretrizes para uma rastreabilidade individual, que seja factível e eficiente, de aplicação em todo território nacional, e escalonado a partir das diferenças territoriais e culturais do Brasil.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page